quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Domingos em Família




























Sou de uma família grande, com muitos tios, muitos primos e outros tantos agregados...e nós, seis irmãos!
Os domingos em casa eram sagrados, grandes almoços com toda a família em volta da mesa, uma bagunça, um falatório, uma delícia!
Ah! E a feijoada ou a dobradinha da Dona Maria (mamãe)? Sucesso garantido! Todos os parentes se reuniam, com direito a uma boa cachacinha de alambique e até uma roda de música feita entre os primos.
A festança era geral e normal, não só nestes domingos de almoço, como também em festas e comemorações.
Fiz uma família um pouco menor, a metade, 3 filhos e hoje tenho 2 netos (a caminho do terceiro), estamos empatando...
Quando pequenos, era uma festa, todos juntos, depois do almoço, sessões intermináveis de filmes e filmes...soninho fora de hora, um passeio...um domingo feliz...
Eita tempinho bom!
E hoje...meus domingos? Continuam movimentados...pelas velhas músicas que ouço em uma rádio que descobri ao acaso, pelas lágrimas derramadas quase sem querer, pelas lembranças do passado, pelo silêncio que ecoa em minha alma, pela solidão que incendeia o meu ser.
De repente, um filho pode chegar, passar a tarde comigo, tomar um café, quem sabe, até jantar e assim reviverei um pouco dos meus domingos em família.

Marcia Mattoso - Pedreira, 20/12/2011

Um comentário:

  1. Olá querida amiga. Belo texto. Parabéns. Bjs Albert----- Saudades.

    ResponderExcluir